Página inicial Conheça nossa clínica Terapia do cólon Notícias Fale conosco Tudo sobre incontinência Dicas legais para sua saúde conheça os excelentes serviços a sua disposição Perguntas Frequentes











Assista o video institucional. Conheça parte de nosso corpo clínico e instalações.
Clique

FAQ - Perguntas Freqüentes

O que dizem as pessoas que fizeram a Terapia do Cólon.

Quando procurei a clínica estava dependente de laxante. Muito surpresa tive ao ler no folder várias características que eu apresentava e que são conseqüentes da constipação intestinal: dores nas pernas, irritação, falta de concentração, flatulência... Devo confessar que comecei o tratamento ansiosa e desconfiada. Foi um período de estresse e desafios. Final de ano, uma correria, viagem e cirurgia.... Estou muito feliz com o resultado. Com o tratamento, seguindo as orientações recebidas consegui me libertar dos laxantes. Hoje me sinto bem melhor.”
L. N. Odontopediatra, 45 anos.

“Bom, os benefícios foram inúmeros. Antes do tratamento eu andava com milhões de problemas, os problemas na verdade ainda existem, porém o jeito de conduzi-los mudou bastante. Andava irritadíssima, mal humorada, impaciente. Após e até mesmo durante o tratamento as melhoras no meu estado de humor, nas minhas relações sociais melhoraram visivelmente. Hoje me sinto outra pessoa, posso dizer, até melhor por ter tido a oportunidade de conhecer e desfrutar do tratamento da clínica.”
R.L.G.B. Jornalista, 25 anos.

“Sempre sofri de Constipação Intestinal. Ora melhorava, ora piorava e nos últimos meses sentia que os sintomas estavam piorando, pois estava sempre com mal estar: dores de cabeça, sensação de estômago cheio o tempo inteiro, impaciência, barriga inchada, dores de estômago... Resolvi então conhecer o tratamento da Clínica Souto Vital que ouvi falar através de uma amiga e já nas primeiras sessões sentia uma melhora significativa. Um bem estar que há muito tempo não sentia. Fiz 10 sessões e hoje estou muito melhor. Meu intestino vem trabalhando regularmente.”
S.N.S. Analista de Produção, 34 anos.


“Antes do tratamento, ia uma vez por dia ao banheiro. Sentia dor forte em conseqüência de muita flatulência. Dormia mal. Depois do tratamento vou três fezes ao banheiro, não sinto mais necessidade de comer chocolate à noite, não como mais doce por ansiedade, passei a comer menos. Sinto-me mais tranqüila e disposta. Recomendo este tratamento com muito entusiasmo.”
M.H.N.F. Pedagoga, 46 anos.

“Fiquei surpresa no início do tratamento por não perceber quando o meu intestino estava cheio ou vazio de fezes. Havia uma insensibilidade. Os sintomas eram flatulência constante, abdômen volumoso e dolorido, evacuava pouca quantidade de fezes. Durante o tratamento comecei a perceber o peristaltismo do meu intestino, maior volume de fezes evacuadas, fezes macias redução do tempo de evacuação, do esforço para evacuar e da flatulência. Além de redução das dores lombares, maior facilidade para voltar a perder peso, pele mais brilhosa e sem acne.”
J. L. M. Médica Pediatra, 38 anos.

“Somente quem teve ou tem constipação intestinal sabe o sofrimento que é. No meu caso tinha esse problema desde a infância. Minha situação era crítica. Somente defecava se usasse algum método de indução. Eu sofria de insônia, nervosismo, indisposição física e outros. Eu vivia enfezado. Depois do tratamento minha vida mudou substancialmente para melhor. Emagreci quatro quilos, melhorei a alimentação e estou caminhando uma hora por dia. O melhor de tudo, vou ao banheiro todos os dias. Chego a ponto de ir duas vezes no mesmo dia, quando cumpro com as orientações que acompanham o tratamento. É vida nova!”
R.M.O. Serventuário da Justiça, 28 anos.


“Antes tinha intestino preso, digestão lenta. Hoje o intestino funciona melhor. Diminuiu bem os gases. A digestão melhorou bem. Também a pele e o cabelo. Estou satisfeita.”
I.S.S. Professora, 41 anos.

“O tratamento não me surpreendeu. Isto porque eu esperava enormes benefícios e tais benefícios realmente ocorreram. Meu intestino era muito preguiçoso, minha digestão era muito lenta e ruim, apesar de procurar me alimentar de forma adequada, comendo muita fibra e bebendo muito líquido. Sinto que durante o tratamento mesmo minha digestão melhorou sobremaneira, bem como minha evacuação. Esta tem sido diária e sem dor, sem fazer forte força. Outro benefício no tratamento foi o fim dos enjôos e náuseas em viagens de carro e aérea, o que agora atribuo ao bem estar estomacal/ intestinal de que agora usufruo.”
A.C.L. Servidora Pública, 30 anos.

“Antes do tratamento sentia-me empanturrada após as refeições, sendo a digestão bastante difícil. Comia além do necessário, apenas para satisfação do paladar. Durante o tratamento percebi que passei a comer menos. É como se o organismo dissesse: basta, estou satisfeito. A digestão tornou-se, então, mais rápida e mais fácil. O volume abdominal reduziu significativamente, e a ausência do desejo de comer doces é outro aspecto que ficou bem evidente. Houve também uma boa melhora na qualidade do sono. Concluindo, só obtive benefícios com o tratamento, entre eles a necessidade de tornar a alimentação mais saudável.”
L.C.R.L. Funcionária Pública, 34 anos.

“Há muitos anos sofri de prisão de ventre e bastante desconforto no abdômen. Sentia a barriga volumosa e pesada. Os gases eram sempre muito doloridos. A respiração era curta. Não dormia bem e estava sempre sonolenta e cansada. Durante o tratamento já comecei a sentir melhoras. O volume da barriga tão incômodo começou a ceder e ao final das sessões a redução era notável. Os gases tornaram-se indolores e o sono passou a ser mais tranqüilo. Senti mais disposição e ânimo para executar as tarefas diárias. A compulsão por doces, que era uma constante, diminuiu de tal forma que consigo controlar o desejo com tranqüilidade.”
R.R.L. Professora, 42 anos.


“Desde que me entendo por gente, meu intestino foi preguiçoso. Isso nunca me incomodou. Há algum tempo observei que ele funcionava melhor durante o período menstrual. Chegava mesmo a se soltar. Mas de uns tempos pra cá isso mudou. Ficava até cinco dias sem evacuar. Na primeira semana após o tratamento, não notei muita diferença... só agora observo certa regularidade. Nas últimas duas semanas tenho evacuado diariamente e aproximadamente no mesmo período”.
E. R. Servidora Pública, 43 anos.

“Anteriormente passava até sete dias sem ir ao banheiro. Após o tratamento vou quase diariamente. Tenho observado bastante minha alimentação e relação tem sido importante. Infelizmente a correria muitas fezes acaba atrapalhando, mas minha qualidade de vida melhorou bastante”.
P. de O. Corretora, 31 anos.

“Após o tratamento percebi minha pele mais bonita e viçosa. Minha barriga está menos inchada. Não tenho mais ficado mal humorada.”
P.H.F.P. Analista Informática, 31anos.

“Difícil fazer um breve relato de uma experiência rica como essa, mas busquei o tratamento por desconfiar que minha prática alimentar, em um momento da minha vida, não correspondia ao correto para o meu organismo e como eu tenho propensão à prisão de ventre, as conseqüências foram as piores possíveis: hemorróida com trombose e barriga inchada. Ao final do tratamento já percebi alívio no inchaço da barriga. Mas o que mais me impressionou no tratamento e que levo como maior resultado é a conscientização dos males que fazemos ao nosso corpo e a importância da educação alimentar. Ao acompanhar cada sessão, à fisioterapia, à narrativa do tratamento, recebendo orientações adequadas, sei que a partir de agora dependerá só de mim.”
A. J.C. Analista de Sistemas, 33 anos.


“Antes me sentia pesada, inchada e com pernas doloridas. Hoje me sinto bem mais leve, as minhas pernas pararam de doer e o meu abdômen desinchou bastante e estou indo ao banheiro. Sinto-me bem melhor.”
J. N. Dona de Casa, 21 anos.

“Antes do tratamento eu sempre sentia mal estar, um certo desconforto. Agora, felizmente o bem estar se manifestou, quase que diariamente. Estou indo ao banheiro todos os dias e as vezes até duas vezes. Estou dormindo bem, alimentando com mais atenção. Estou contente com o tratamento!”
C. C. Comerciante, 48 anos.

“Os benefícios do tratamento foram inúmeros: Sinto-me mais leve e mais disposta, minha memória, auto percepção e minha circulação melhorou, inclusive tinha uns inchaços nos pés que agora desapareceram.”
A.S.B.O. Assistente Social, 38 anos.


“Antes de iniciar o tratamento, o intestino funcionava relativamente bem, já que ia ao banheiro pelo menos uma vez por dia. Porém, em alguns dias, eu sentia dificuldades em defecar, intestino preso, o que era incomodo. Após o tratamento, mudando um pouco o hábito alimentar, o intestino funciona melhor, a quantidade de fezes aumentou e existe um alívio maior após ir ao banheiro.”
T. B. C. Servidora Pública, 34 anos.

“Situação anterior ao tratamento: peso 78 quilos, evacuação muito irregular, estômago sempre cheio, sono interrompido por motivo de engasgo e falta de ar. A situação após o tratamento: peso 76 quilos, evacuação quase normal, estômago normal, ausência de engasgo e falta de ar. Pretendo seguir a orientação de forma correta para continuar o tratamento e alcançar os meus objetivos.”
W.P.O. Militar, 73 anos.


“Há mais ou menos uns 3 anos eu sofria de uma constipação intestinal que me causava muitos transtornos: dor abdominal, prisão de ventre, gases que eu não conseguia eliminar, inchaço, dor na região anal. Ás vezes eu ficava até sete dias sem evacuar, e isso me causava um desconforto abdominal terrível. Foi quando conheci a Terapia do Cólon. Posso dizer que obtive ótimos resultados; meu volume abdominal diminuiu bastante, as dores e a prisão de ventre desapareceram, a evacuação está normal uma vez ao dia, todos os dias. Depois da terapia eu sinto uma sensação de bem estar físico, o que eu não sentia antes. Estou mantendo uma dieta alimentar rica em fibras e posso afirmar que para mim o tratamento foi um sucesso, com um resultado de 100% de melhora.”
E. A. da S. Faturista, 28 anos.

“Quando cheguei à clínica, o quadro era muito alterado, o intestino preso, estufado, juntamente com os gases, provocando grande mal estar, palpitação zumbido de ouvido, insônia, dor de cabeça. Tudo que comia fazia mal, pesava 76 quilos, isto durante mais de 30 anos. Após um mês de tratamento todos os sintomas melhoraram 80%. O peso abaixou para 72 quilos, ficando apenas o intestino cheio com um pouco de gases, o qual espero eliminar o problema com a dieta alimentar e o restante do tratamento, se caso necessitar.”
J.R. Aposentado, 63 anos.

Página inicial Conheça nossa clínica Corpo clínico Conheça nossos serviços Notícias Fale conosco
Aguarde carregando
A velocidade depende
de sua conexão